Lux a 7 de Novembro de 2008 às 20:32
A psicologia não tem, directamente, nada que ver com isto....é de outra área científica!
Se eu fosse o psicólogo que vai dar aqui o seu contributo...não me misturava!

MAV a 8 de Novembro de 2008 às 01:56
É uma opinião. Felizmente não me parece ser a opinião da maioria...

Lux a 8 de Novembro de 2008 às 02:48
Olá Mav,

A opinião da maioria sobre quê?

Wood a 8 de Novembro de 2008 às 12:16
Lux, o que quer dizer exactamente com o seu primeiro comentário??

Lux a 8 de Novembro de 2008 às 12:54
Quero dizer que, a psicologia não é uma disciplina da área das ciências sociais...just that!
Não entendo a sua inclusão neste blogue do social, sob a capa de uma disciplina do social!

Wood a 8 de Novembro de 2008 às 23:17
Na pressuposição de que seja uma ciência experimental [ou não - do ponto de vista da história da ciência (o que é uma falsa questão no contexto deste blog)] fica em aberto a visão de Boaventura de Sousa Santos: "o paradigma a emergir [da ciência] não pode ser apenas um paradigma científico (...), tem que ser um paradigma social. (...) A distinção dicotómica entre ciências naturais e ciências sociais deixou de ter sentido e utilidade." in Um Discurso sobre as Ciências. p.37. Ou seja, não há impossibilidade epistémica e científica de se pensar sobre o mundo. A isso chama-se ter um ponto de vista. Mas é respeitável esta recusa. Um abraço e bom fim-de-semana.

Lux a 10 de Novembro de 2008 às 13:43
Entendo a questão da multidisciplinaridade...mas não a da falta de fronteiras entre as ciências, por uma questão de identidade científica! Assim sendo...a psicologia, não tem uma origem social, não tem um percurso social e não tem, especificamente, o mesmo objecto de estudo das ciências ditas sociais!
Que há pontos de contacto....é inegável.....mas, a psicologia nunca foi, não é, uma ciência social, como as outras que integram este blogue! Vai daí...o meu comentário, que talvez tenha utilizado, como forma de provocação ao vosso suposto psi de serviço, a palavra vergonha!

Wood a 10 de Novembro de 2008 às 23:04
Caro(a) Lux independentemente das nossas formações científicas não lhe parece que poderemos dar o nosso contributo sobre o estado do mundo? "Cientismos" à parte, porque não projectarmos a nossa posição (sabendo os limites do pensamento doxal)? Não é isso que temos estado a fazer? Um cientista é acima de tudo um homem hic et nunc, não concorda?
(No entanto poderemos manter a discussão epistémica. Por outro lado, penso que a palavra vergonha não se aplica a quem não se recusa a perspectivar o mundo. Aplica-se a quem se recusa a olhá-lo).

Lux a 11 de Novembro de 2008 às 16:00
Qual é a sua formação?

Wood a 11 de Novembro de 2008 às 17:59
Filosofia.

Lux a 11 de Novembro de 2008 às 19:48
Uiiii...com um filósofo torna-se mais complicado!lol
Espero que não seja daqueles que também dá uns toques de psicologia!
Além do mais, é estranho ouvir um filósofo a falar de ciência...
Mas...não se preocupe, que eu não renego as origens da psicologia!
Sobre as questões epistémicas...sim poderemos conversar sobre isso!
Adianto-lhe, e você deve saber disso bem mais do que eu, que a psicologia, enquanto ciência, não se enquadra na área das ciências sociais!
Gostava de ler o que é que o meu suposto colega, psicólogo, que ainda não interviu, tem a dizer sobre isto...
Fazia-me o favor de lhe dar o recado?

Wood a 11 de Novembro de 2008 às 22:19
“Uiiii...com um filósofo torna-se mais complicado!lol”

Não compreendo nem o seu “Uiiii...” nem o seu “lol” . Ainda menos a ideia de que os filósofos não falam sobre ciência.
Foi preciso que as ciências ditas duras retomassem a discussão filosófica do conhecimento, já que as ciências sociais e humanas ficaram-se no limiar do positivismo lógico durante anos de cegueira científica e de recusa humanista.
Mas Lux, o interesse deste blog não é a epistemologia. É, independentemente das nossas formações, colocarmos as diversas áreas científicas (ou até mesmo o senso comum) a conversar.
E com muito prazer podemos continuar a nossa discussão. Não sei é se esta sede será adequada.

P.S. Raramente a filosofia dá “toques” nas outras áreas científicas. O contrário já não sei se será verdade.

Lux a 12 de Novembro de 2008 às 00:40
Deve concerteza ter compreendido os "uiiiiii e LOL"
Mas...a dos "toques" na psicologia, foi num sentido provocatório, pois deve saber que alguns colegas seus dão uns bons pontapés na psicologia!!! Alguns tentam imitar o "cristiano ronaldo"...
Mas acredito que do outro lado haja também uns toques na filosofia!

Wood a 13 de Novembro de 2008 às 22:16
Lux? Anda por aí? Está muito calado :)

Lux a 14 de Novembro de 2008 às 00:20
Wood,

Venho cá quando recebo um mail a avisar-me!
De resto, como não sou da área social,não me meto!
E meu suposto colega psicólogo, quem é?

Wood a 14 de Novembro de 2008 às 12:55
:-)